quarta-feira, 23 de julho de 2014

TOLERÂNCIA ZERO (Basicamente, o que foi oTolerância Zero em Nova York)

Tolerância Zero No início da década de 90, Rudolph Giulian, 107º prefeito de Nova York implantou uma política de Tolerância Zero contra os criminosos. Na ocasião os índices de criminalidade atingiam taxas recordes, motivadas principalmente pelo tráfico de drogas e o grande número de viciados. O uso do crack estava relacionado a 32% dos homicídios. Se drogas fossem encontradas num carro, eram apreendidos as drogas e o carro. Existia toda uma legislação que dava respaldo as ações. Legislação severa dava cobertura as ações policiais. Policiamento ostensivo em áreas de venda fazia dispersar os usuários, 24 hs por dia tinha um policial em cada esquina. O objetivo era prender traficante. Policiais à paisana eram orientados a comprar drogas com o objetivo de aprender mais sobre o tráfico. Oficiais foram colocados no topo dos prédios para observar a movimentação. O efetivo policial aumentou consideravelmente. A aplicação de leis severas, a Lei Rockefeller estabelecia sentenças de até 15 anos e até prisão perpétua por porte de 110 gr de drogas. Até pichação era punida. Eram punições automáticas. O objetivo era eliminar a conduta criminosa e as contravenções. O combate às drogas é um problema de saúde e segurança públicas e deve ser feito nas duas frentes. O governo deve oferecer tratamento aos usuários detidos. Combater os pequenos delitos e infrações com o mesmo rigor dos grandes crimes e tirar das ruas flanelinhas e pichadores. A Teoria das Janelas Quebradas, propõe e diz que deve se manter a ordem em ambientes urbanos, por isso é essencial para frear o vandalismo e não permite espaços para crimes graves. Terrenos baldios, prédios abandonados, janelas quebradas, se não forem consertadas imediatamente fugirão ao controle. Invasões não devem ser toleradas. Tolerância Zero é prestar atenção ao que acontece nas ruas. Todos que cometem crimes tem que ser tirados das ruas, tem que se ter atenção com a prostituição, aos pequenos traficantes e viciados nas ruas. As ruas tem que ser um lugar seguro para pessoas decentes andarem. A população tem que se integrar ao programa, mas, para isso, é preciso que se comportem como cidadãos de verdade, não furem filas, obedeçam os sinais de trânsito, não transgridam regras, e cumpram as leis. Todos que intimidassem a população são presos e tirados das ruas. Precisam-se de policiais treinados, bem pagos, identificar os corruptos e afastá-los. O Tolerância Zero reduziu em 70% a criminalidade em Nova Iorque.

Um comentário:

  1. Maria do Carmo, para entender o que foi o Tolerância Zero é bom ler sobre VOCÊ SABIA? O QUE É A 'TEORIA DAS JANELAS ABERTAS'. Foi essa teoria a base para criação do Programa Tolerância Zero. Teoria publicada neste endereço: http://debatendo-a-educacao.blogspot.com.br/2012/01/voce-sabia-o-que-e-teoria-das-janelas.html

    ResponderExcluir